domingo, 18 de fevereiro de 201818/2/2018
** *****-****
RÁDIO GN
POLÍTICA
‘’ESCÂNDALO NO PALÁCIO’’
Segundo as informações, existem funcionários fantasmas até no gabinete do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB).
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira Garanhuns - PE
Postada em 31/01/2018 ás 19h58 - atualizada em 31/01/2018 ás 23h02
‘’ESCÂNDALO NO PALÁCIO’’

Segundo informações publicadas pelo blogueiro Kleber Cisneiros, no início da noite de hoje, (31), uma denúncia que pode abalar as estruturas do Palácio Celso Galvão. O blogueiro denuncia um suposto esquema de contratação de funcionários fantasmas pela Prefeitura de Garanhuns.


Entenda o caso:


Segundo as informações, existem funcionários fantasmas até no gabinete do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB).


Ao apurar as denuncias, o Blog do Cisneiros teria constatado à veracidade das informações. Dentre os servidores que recebem mensalmente salário do município sem dá expediente, estão duas mulheres identificadas como: Josefa Dulcineia Borges Barbosa, matrícula: 10182, empregada na função de coordenadora financeira, para “surpresa de todos” no gabinete do prefeito Izaías Régis (PTB), tendo salário de R$ 3.600,00. Já a outra suposta funcionária fantasma identificada como: Maria José Borges, matrícula: 11547, empregada na secretaria de administração, com a função de assistente de arquivo, recebia o salário de R$ 1.200,00 sem dá expediente. 



Um fato curioso é que Josefa Dulcineia e Maria José, ambas suspeita de serem funcionárias fantasmas, são irmãs de Jefferson Pessoa de Andrade, atual presidente da Associação de  Comércio da Indústria e Agroindústria de Garanhuns – CEAGAM, onde resonde processo junto com o atual prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), por irregularidades envolvendo a associação.



A terceira funcionária fantasma seria Ana Simone Rodrigues da Silva, que teria passado 3 anos empregada na Secretaria de Assistência Social, matrícula: 30658, na função de diretora de proteção social, atualmente a mesma está empregada na Secretária de Governo, matrícula: 12362, na função de coordenadora de relações institucionais, onde em contato com o blogueiro Kleber Cisneiros, o próprio secretário de governo Mewitton Araújo teria confirmado que nem conhece a suposta funcionária.


ANA SIMONE RODRIGUES DA SILVA é dona de um salão de beleza na Rua São Domingos, no bairro São José, que como vocês podem ver nas imagens que nos foi entregue por nossa fonte, como também na página pessoal no Facebook da própria Ana Simone, onde ele está exercendo a função de cabeleireira, no horário das 8h31min da manhã do dia 18 de maio de 2017, horário em que deveria está dando expediente na Secretaria de Assistência Social, na qual recebe a bagatela de R$ 3.600,00 (Três Mil e Seiscentos Reais). Para nem aparecer por lá. Por ironia do destino, na foto, Ana Simone aparece cortando os cabelos da então secretaria do prefeito há época, Adriana Peixoto Matias, que ao postar sua felicidade por estar sendo bem cuidada, afirma que Ana Simone cuida dela a mais de 2 anos. Ana Simone trabalha no seu próprio negócio nos três horários, sendo esta também irmã de Cynthia, outra funcionária da ACIAGAM, de novo a ACIAGAM, como nos confirmou, ao Blog do Cisneiros, ao telefone, o secretário de governo, Mewitton Araújo. 



Depois do telefonema da nossa redação para Mewitton, os contratos de JOSEFA DULCINEIA BORGES BARBOSA e MARIA JOSÉ BORGES não foram renovados. 


O blogueiro já teria tido o conhecimento que o nome da mãe de Jefferson será a próxima a ser usada a partir de agora. 



Já Ana Simone, para surpresa de todos, teve o seu contrato renovado até novembro e continua lotada na Secretaria de Governo, mesmo após o contato do blogueiro com o secretário de governo, o questionando a respeito do assunto. Porém Ana Simone continua no seu salão cortando os cabelos das suas clientes.


Segundo informações, há muito tempo que o prefeito Izaías vem empregando pessoas muito próximas a ele como funcionários fantasmas.


“Há muito tempo que o prefeito Izaías Régis vem empregando pessoas muito próximas a ele como funcionários e fantasmas, como estas duas senhoras que são tias de Jefferson, que responde junto com o prefeito Izaías Régis por suposta conduta indevida a frente da ACIAGAN, associação que muitos dizem servir só para lavagem de dinheiro do prefeito. Isso é formação de quadrilha e caso de improbidade administrativa, podendo levar a cassação do prefeito pela justiça, ou impedimento pela câmara de vereadores da cidade.” Diz nossa fonte.


Caso sejam comprovadas as denúncias, isso acarretará em um processo de improbidade administrativa, o que levará a perca do mandato do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), mas para tal precisaria que os vereadores do município aceitassem a abertura do processo, o que pode acabar não acontecendo, uma vez que, dos 13 vereadores de Garanhuns, 12 são da base de apoio ao governo Régis, e apenas um se declara independente. 


FONTE: Com informações do Blog do Cisneiros
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
798
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium