Segunda, 20 de agosto de 2018
87 98130-4191
Política

11/06/2018 ás 14h32 - atualizada em 11/06/2018 ás 14h37

669

Garanhuns MINHA Cidade / Jhonathas William J.W

Garanhuns / PE

Oposição bate martelo e oficializa Armando e Mendonça
O senador Armando Monteiro será o candidato da chapa Pernambuco Quer Mudar ao Governo de Pernambuco, já Mendonça Filho vai concorrer a uma das vagas do Senado Federal
Oposição bate martelo e oficializa Armando e Mendonça

Como já era esperado, o senador Armando Monteiro (PTB) e o deputado federal Mendonça Filho (DEM) foram oficializados, na manhã desta segunda-feira (11), como pré-candidatos a governador e senador, respectivamente, pela chapa que será apresentada pelos partidos que compõem o movimento Pernambuco Quer Mudar para disputar as eleições majoritárias deste ano.


A frente, que faz oposição ao governador Paulo Câmara (PSB), ainda está articulando entre si e com partidos da base governista para definir quem irá ocupar as vagas de vice e a outra de senador. Ainda não há uma data para o lançamento dos demais nomes. A expectativa é de que o PSDB indique o vice e os líderes do grupo estão articulando para atrair o PP ou o PSC para o Senado. Contudo, na legenda tucana tem quem defenda a indicação do senador.


A oficialização aconteceu durante uma coletiva de imprensa, realizada em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Esta será a segunda vez que Paulo Câmara e Armando Monteiro vão se enfrentar pelo comando do Palácio do Campo das Princesas. Em 2014, o pessebista desbancou Armando se elegendo no primeiro turno com 68,08% dos votos válidos.


Durante o evento, quem apresentou a postulação de Mendonça foi o deputado federal Bruno Araújo (PSDB). O tucano pontuou que o democrata tem "todos os atributos" necessários para um senador. "O Senado se transformou no maior símbolo da democracia e Pernambuco sempre pensou de forma altiva, por isso Mendonça Filho tem todos os atributos necessários para estar lá", salientou.


Já o nome de Armando foi referendado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que também tentou concorrer ao governo, mas por imbróglios partidários retirou o nome da disputa.


"O nosso povo sabe que chegou a hora de restaurar a autoridade da figura do governador de Pernambuco. De todos da nossa geração você é o mais preparado, tem mais experiência e já demonstrou por onde passou que você se transformou em um líder verdadeiro, não forçado. Você tem no seu sangue, o melhor sangue da política de Pernambuco. Traz o legado de Agamenon e Roberto Magalhães, acima de tudo de Armando Monteiro Filho", argumentou o emedebista. 


"Você será o nosso governador. Temos bons tempos pela frente. Pernambuco vai mudar e o nome da mudança é Armando Monteiro Neto", projetou Fernando Bezerra Coelho.


A frente Pernambuco Quer Mudar reúne os partidos PTB, DEM, PSDB, PRB, Podemos, PV e PPS. Além de dissidentes do MDB, como é o caso de Fernando Bezerra Coelho. Fora esses partidos, membros do PP, como o vereador Romero Albuquerque e o deputado federal Marinaldo Rosendo também participaram do lançamento de parte da chapa opositora a Paulo Câmara.


Por Giselly Santos


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog/coluna Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium