Anuncio 2
CRÔNICA

“MINHAS LINHAS E LINHAS” QUE NÃO GOSTARIA DE TECER

A crônica - Copa do Mundo 2018 por Givaldo Calado de Freitas

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA CidadeBlog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

13/07/2018 15h21
Por: Jonathas William J.W - Garanhuns MINHA Cidade
Brasil perder nas oitavas? Que nada! Nem pensar. Vai ser um show de bola. E, às quartas, lugar seguro. E delas, às semifinais. Por certo. Sem o menor fiapo de dúvida. É uma questão de agenda. E só. Mas tudo no “papo”. E, na final,... o hexa.
Tivemos os Grupos. O nosso: “Grupo E”. Por ele passamos. Show de bola! Poderia ter sido melhor. Sempre poderia. Coisa do futebol, já o disse em outras “Minhas Linhas e Linhas”. Mas passamos. Fomos classificados às oitavas e, destas, às quartas.
Nas quartas, todavia, ficamos - “Linhas e Linhas” que não gostaria de tecer.
“Givaldo, 03 minutinhos, e o jogo acaba.” Lá me vem um amigo com essa. E eu aqui. Já sabendo da nossa... De repente, os versos de Odilo Costa Filho me ocorrem: “E teço versos como quem refaz/ a vida”.
Que termine logo esse jogo porque, já, já, fico louco. Poeta não sou. Deus não me deu esse dom.
Mas o mundo não acabou, nem vai acabar. Vai continuar. Aliás, já continua. Bola pra frente!
O futebol, nosso maior ópio, como querem alguns. A religião, como querem outros. O trabalho, como prefere querer Mário Quintana.
Ópio de coisa nenhuma. Precisamos da diversão. Também da religião. Por igual, do trabalho.
No futebol, diga-se, nós somos os melhores. Nenhuma seleção ostenta tanto. Sim. Cinco estrelinhas. Cinco canequinhas.
Se queremos outras, como já o desejamos desde 2006? Mas claro que queremos! Mas temos que entender que nessa - 2018 - não deu. Fica pra próxima.
Atirar contra nossos atletas, nossos treinadores, nossos preparadores... não anula o resultado adverso que tivemos no dia de hoje. Só nos coloca como selvagens diante do mundo. E isso é feio pra todos nós. Nação brasileira.
Deixemos-lhes, portanto, voltar em paz, seguros... Até sob nossos aplausos... às suas famílias. E por que não?
Precisamos mostrar ao mundo da nossa grandeza. Da nossa fidalguia. Enfim, da nossa civilidade.
Entendamos que a hora; que a vez; não era do Brasil. Mas que outras horas. Mas que outras vezes virão. Como vieram em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.
E até 2022.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Garanhuns - PE
Atualizado às 18h00
21°
Muitas nuvens Máxima: 27° - Mínima: 15°
21°

Sensação

17.5 km/h

Vento

88.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anuncio ao lado de mais lidas
Banner sessão 1 Tyoflan (esportes)
Municípios
GastroMED
Últimas notícias
Crianças
Mais lidas
Anúncio