Sábado, 15 de dezembro de 2018
87 98130-4191
Religião

31/07/2018 ás 17h00

656

Garanhuns MINHA Cidade / Jhonathas William J.W

Garanhuns / PE

Em nota, pastores evangélicos repudiam atitudes de artistas durante o FIG
confira na matéria:
Em nota, pastores evangélicos repudiam atitudes de artistas durante o FIG

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:


ORDEM DOS PASTORES EVANGÉLICOS DE GARANHUNS E REGIÃO - OPEGAR, instituição representativa de pastores evangélicos, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 07.763.259/0001-33, com endereço administrativo na Rua São Vicente, nº 76, São José, Garanhuns – PE, CEP 55.295-590, vem, repudiar peremptoriamente às ofensas perpetradas no festival de inverno de Garanhuns – PE, dirigidas ao Nosso Senhor Jesus Cristo, unigênito filho do Deus vivo, na crença de 2/3 da população mundial, ainda de 166 ( cento e sessenta e seis) milhões de brasileiros segundo último senso do IBGE.


Ademais, sendo inaceitável, a existência de peça teatral, apresentando o Cristo de Deus, Jesus, figura central do Cristianismo, como sendo transexual, o que desvirtua o ensinamento históricodogmático perpassado e transmitido por inúmeras gerações e prescrito nas escrituras sagradas, como fontes históricas indeléveis à humanidade.


Adrede, causando perplexidade, outros dois malsinados artistas, à saber, Jonny Hoocker e Daniela Mercury contratados sob égide de recursos públicos, oriundos de nossos impostos cidadãos, conduziram coro, adjetivando o Cristo, a condição de travesti, no afã de reduzi-lo ao rol de pecadores, proferindo ainda palavras de baixo calão, acusando inclusive autoridades do cometimento de ílicitos contra a administração pública, incorrendo com isso em crime, previsto no código penal brasileiro na dicção do art. 208, senão vajamos, ipsis letteris:


Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:


Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.


Por fim, pugna às autoridades competentes seja, considerada a imposição, estatuída no art. 5º, XXXV, da CF/88, de que se preste tutela também à ameaça (e não apenas à lesão) a direito, bem como os diversos mecanismos, preventivos, repressivos e premiais previstos no ordenamento jurídico à obstar que novos episódios como este ocorram em território nacional.


Garanhuns, 01 de Agosto de 2018.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog/coluna Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium