Terça, 19 de março de 2019
87 98130-4191
Educação

07/03/2019 ás 20h22

104

Garanhuns MINHA Cidade / Jonathas William J.W

Garanhuns / PE

Funase cria núcleo para expandir cultura de paz em unidades socioeducativas
Processo busca mudanças de paradigmas com base nos conceitos da Justiça Restaurativa
Funase cria núcleo para expandir cultura de paz em unidades socioeducativas

A política de atendimento a adolescentes em conflito com a lei em Pernambuco terá como foco, em 2019, a expansão de procedimentos restaurativos visando à construção de uma cultura de paz. A metodologia prevê mudanças de paradigmas que permitam a transição para uma lógica que privilegie a percepção sobre responsabilidades individuais e coletivas e a criação de novas bases para relacionamentos. Para isso, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) criou um Núcleo de Justiça Restaurativa, composto por assistentes sociais, pedagogos e psicólogos que atuam em várias unidades da instituição.


A novidade foi formalizada em portaria publicada no Diário Oficial do Estado em 1º de março. A medida é mais um passo do investimento da Funase na implantação dessa metodologia. Em 2018, foi realizado o projeto “Semeando uma Cultura de Paz: práticas restaurativas como ferramenta da socioeducação”, que viabilizou a capacitação de 240 servidores. Foram ministrados os módulos de Introdução à Justiça Restaurativa – pelo juiz Élio Braz, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) – e de Comunicação Não Violenta – sob responsabilidade do professor Marcelo Pelizzoli, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).


Outra etapa do projeto foi a formação de 80 funcionários, em curso ministrado pela psicóloga e consultora Monica Mumme, referência nacional no tema e fundadora do Laboratório de Convivência. Todas as atividades foram acompanhadas por um grupo gerador. A Justiça Restaurativa também foi incluída no mais recente Projeto Político-Pedagógico da Funase, norteando ações a serem desenvolvidas nos próximos anos e o trabalho dos funcionários da instituição.


“O Governo de Pernambuco, por meio de um olhar sensível do governador Paulo Câmara, tem atuado na melhoria do sistema socioeducativo em múltiplas frentes, e uma das mais importantes é a capacitação de quem trabalha em contato com os adolescentes atendidos pela Funase", destaca o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes. "A repercussão desse trabalho já é muito positiva e temos certeza de que ainda dará muitos resultados", completa a presidente da Funase, Nadja Alencar.


A expansão dos procedimentos restaurativos ocorre a partir do entendimento do Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), à qual a Funase é ligada, sobre a importância de um trabalho humanizado na socioeducação. “A criação do núcleo é um passo importante, uma vez que a gente quer, de fato, implantar e expandir uma cultura de paz dentro de todas as unidades”, afirma a superintendente da Política de Atendimento da Funase, Íris Borges, que também abordou o assunto na primeira reunião do ano com todos os coordenadores técnicos das unidades de internação, internação provisória e semiliberdade da instituição situadas na Região Metropolitana do Recife e em Timbaúba e Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog/coluna Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium