Quinta, 21 de setembro de 201721/9/2017
** *****-****
Muito nublado
16º
17º
22º
Garanhuns - PE
dólar R$ 3,13
euro R$ 3,72
RÁDIO GN
GERAL
Passou o verão, já estamos no outono, e a chuva não venho!
Confira na matéria:
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira Garanhuns - PE
Postada em 26/03/2017 ás 10h33 - atualizada em 28/03/2017 ás 19h00
Passou o verão, já estamos no outono, e a chuva não venho!



As características chuvas de verão. conhecidas aqui como "trovoadas", e que sempre caíram sobre a nossa cidade e região, dessa vez não venho. Nesses trés meses de verão não tivemos um dia se quer de chuva forte em nossa cidade, e hoje, dia 25 de março, Garanhuns registrou um dos dias mais quentes de sua historia na estação do outono. Os dias são quentes e a seca é veroz!

"Sem chuva na terra
Descamba janeiro
Depois fevereiro
E o mesmo verão (...)
Meu Deus, meu Deus
Mas nada de chuva
Tá tudo sem jeito
Lhe foge do peito
O resto da fé
Ai, ai, ai, ai".

"Porque derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes.
E brotarão como a erva, como salgueiros junto aos ribeiros das águas". (Isaías 44:3,4)

(A Triste Partida - Luiz Gonzaga / Patativa Assaré)

Meu Deus, meu Deus
Setembro passou
Outubro e novembro
Já estamos em dezembro
Meu Deus, que é de nós
(Meu Deus, meu Deus)

Assim fala o pobre
Do seco nordeste
Com medo da peste
Da fome feroz
(Ai, ai, ai, ai)

A treze do mês
Ele fez experiênça
Perdeu sua crença
Nas pedras de sal
Meu Deus, meu Deus
Mas noutra esperança
Com gosto se agarra
Pensando na barra
Do alegre natal
(Ai, ai, ai, ai)

Rompeu-se o natal
Porém barra não veio
O sol bem vermeio
Nasceu muito além
(Meu Deus, meu Deus)

Na copa da mata
Buzina a cigarra
Ninguém vê a barra
Pois barra não tem
(Ai, ai, ai, ai)

Sem chuva na terra
Descamba janeiro
Depois fevereiro
E o mesmo verão
(Meu Deus, meu Deus)

Entonce o nortista
Pensando consigo
Diz: "isso é castigo
Não chove mais não"
(Ai, ai, ai, ai)

Apela pra março
Que é o mês preferido
Do santo querido
Senhor são José
(Meu Deus, meu Deus)

Mas nada de chuva
Tá tudo sem jeito
Lhe foge do peito
O resto da fé
(Ai, ai, ai, ai)

Agora pensando
Ele segue outra tría
Chamando a famía
Começa a dizer
(Meu Deus, meu Deus)

Eu vendo meu burro
Meu jegue e o cavalo
Nós vamos à São Paulo
Viver ou morrer
(Ai, ai, ai, ai)

Nóis vamos à São Paulo
Que a coisa está feia
Por terras alheias
Nói vamo vagar
(Meu Deus, meu Deus)

Se o nosso destino
Não for tão mesquinho
Daí pro mesmo cantinho
Nós torna a voltar
(Ai, ai, ai, ai)

E vende seu burro
Jumento e o cavalo
Inté mesmo o galo
Vendero também
(Meu Deus, meu Deus)

                                         

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
179

Publicidade

AppFIG
Facebook

Publicidade

Banner sessão 1 Mano Imóveis (Shows)

Publicidade

Banner sessão 1 Tyoflan (esportes)

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Lula
259 votos - 61.2%

Marina Silva
77 votos - 18.2%

Aécio Neves
60 votos - 14.2%

Michel Temer
27 votos - 6.4%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium