Sexta, 20 de julho de 2018
87 98130-4191
Política

02/06/2017 ás 12h31 - atualizada em 02/06/2017 ás 15h04

6.387

Garanhuns MINHA Cidade / Jhonathas William J.W

Garanhuns / PE

PAUTA BOMBA DE RÉGIS É APROVADA POR 11 VOTOS A 2:
Pressionados pelo executivo vereadores de Garanhuns votam contra a educação. Terminou agora a pouco a votação da “Pauta Bomba de Régis” na Câmara de Vereadores de Garanhuns.
PAUTA BOMBA DE RÉGIS É APROVADA POR 11 VOTOS A 2:

Sobre ameaças de perderem os cargos comissionados no executivo, onze vereadores dos treze votaram a favor do projeto de lei que reduz os vencimentos dos professores da rede municipal de ensino enviando pelo prefeito Izaías Régis.


Em votação tumultuada agora a pouco com as galerias da Câmara de Vereadores repleta de professores da rede municipal de ensino, o prefeito Izaías Régis conseguiu triunfar com o seu projeto de implantar o piso salarial dos professores com redução da carga horária e corte em alguns vencimentos, alterando o cálculo da hora-aula e abrindo caminho para a redução da carga horária dos profissionais de ensino no município. Do total de treze vereadores existente no legislativo de Garanhuns, todos da base de apoio ao prefeito Izaías Régis, dois abnegados se repelaram contra a orientação do chefe do executivo, mesmo sobre a ameaça de perderem os cargos comissionados e contratos que tem em contrapartida ao apoio que dão ao prefeito na Câmara.


O vereador e professor Márcio, que juntamente com Tonho de Belo votou contra a proposta da prefeitura.


“Votei com minha consciência e a favor da classe”, justificou o vereador, que assegura que os parlamentares não receberam pressão para votar a favor ou contra as alterações aprovadas hoje.


Tonho de Belo disse que desde o começo estava contra o projeto e não seria nesta sexta-feira que iria mudar de posição.


O procurador jurídico do município, João Pontes, explicou que o projeto do Executivo está totalmente dentro da legalidade e que diversas outras cidades da região pagam o professor da mesma maneira que Garanhuns vai fazer a partir de agora.


Ele disse que muitos professores que resistiram à matéria trabalham também no Estado, que adota o mesmo sistema que irá vigorar no município depois das modificações referendadas na Câmara.


Algumas centenas de professores lotaram hoje o plenário, a antessala e até parte da frente da Câmara Municipal.


Eles pressionaram, vaiaram, portaram faixas e cartazes, mas não conseguiram reverter a decisão dos parlamentares que por ampla maioria aprovaram a proposta do prefeito Izaías Régis (PTB).


Veja o nome o e partido dos vereadores que votaram contra e a favor da “Pauta Bomba de Régis.”


Votaram contra:


Professor Márcio (PHS)


Tonho de Belo do Cal (PSDB)


Votaram a favor:


Zaqueu Naum Lins (PRB)


Ary Junior (PTB)


Gersinho Filho (PTB)


Carla de Zé de Vilaço (PTB)


Luzia da Saúde (PTB)


Betânia da Ação Social (PTB)


Daniel da Saúde (PSC)


Gil PM (PSC)


Alcindo Correia (PCdoB)


Audálio Filho (PSDC)


Luiz Leite (PHS)


Com informações: Blog Roberto Almeida 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog/coluna Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium