Sexta, 20 de julho de 2018
87 98130-4191
Política

28/06/2017 ás 21h14 - atualizada em 04/07/2017 ás 23h01

282

Garanhuns MINHA Cidade / Jhonathas William J.W

Garanhuns / PE

Ministério Público de Pernambuco aponta irregularidades e superfaturamento nos Shows de Ana Carolina e Capital Inicial, no FIG 2015
Confira na matéria:
Ministério Público de Pernambuco aponta irregularidades e superfaturamento nos Shows de Ana Carolina e Capital Inicial, no FIG 2015

Em 2015, os Vereadores Sivaldo Albino, Claudio Taveira, Nelma Carvalho e Paulo Leal encaminharam ao Ministério Público cópias de documentos que teriam recebidos em seus Gabinetes, que davam indícios de que os Shows contratados pela Prefeitura dos artistas Ana Carolina e Capital Inicial estavam acima do preço praticado no mercado nacional. 


O Ministério Público instaurou o Inquérito Civil nº 094/2015 para apurar o eventual superfaturamento nas contratações dos artistas, que se apresentaram durante o 25º Festival de Inverno de Garanhuns. Após notificar a Prefeitura, os Artistas e as Empresas envolvidas, colher dados e ouvir as defesas dos envolvidos, o Ministério Público de Garanhuns chegou a conclusão que os valores pagos pela Prefeitura de Garanhuns foram acima do mercado. Diz a conclusão do Parecer Técnico (em anexo) do Ministério Público:


 


“Diante disso, verificou-se que ocorreram pagamentos acima do valor de mercado no montante de R$ 139.545,25 (cento e trinta e nove mil, quinhentos e quarenta e cinco reais e vinte e cinco centavos) de despesas públicas decorrentes dos processos licitatórios da banda Capital Inicial e da Cantora Ana Carolina”. 


A nota explica ainda que a Banda Capital Inicial teve o valor pago pela Prefeitura de Garanhuns de R$ 230.000,00, mas que o valor médio praticado naquele ano foi de R$ 182.800,00, ou seja, a Prefeitura pagou a mais R$ 47.200,00 que corresponde a 25,82% acima do valor. Já a Cantora Ana Carolina recebeu da Prefeitura de Garanhuns o valor de R$ 227.000,00, mas o valor médio praticado naquele ano foi de R$ 134.654,75, ou seja, a Prefeitura pagou a mais R$ 92.345,25 que corresponde a 68,58% acima do valor. 


Diante disso, o Promotor de Justiça Dr Domingos Sávio solicitou a notificação aos signatários dos contratos, para em trinta dias efetuarem o recolhimento aos cofres públicos do valor de R$ 139.545,25.


Com informações: Fique de Olho Garanhuns


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog/coluna Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium