domingo, 17 de dezembro de 201717/12/2017
** *****-****
RÁDIO GN
EuAmoGaranhuns
EuAmoGaranhuns

Blog oficial da Fan page Eu Amo Garanhuns

CULTURA
40 mil pessoas cantaram os sucessos de Chico César
Confira na matéria:
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira Garanhuns - PE
Postada em 28/07/2017 ás 19h21 - atualizada em 28/07/2017 ás 19h25
40 mil pessoas cantaram os sucessos de Chico César

Quarenta mil pessoas cantaram em coro uníssono as músicas de Chico César, que encerrou o polo Mestre Dominguinhos nesta quinta-feira (27), com um show pulsante. O paraibano levou a turnê do disco “Estado de Poesia” para a oitava noite do 27º Festival de Inverno de Garanhuns, promovendo um dia plural de ritmos. Ao abrir a apresentação com “Caninana” e “Guru”, ambas do seu álbum mais recente, o compositor foi surpreendido pela plateia que repetia as letras do novo repertório. Apesar de ter participado de edições mais próximas do FIG, em projetos como a Orquestra Santa Massa, há 21 anos o paraibano não trazia o seu próprio show para o Festival.


Músico paraibano apresentou o show do disco “Estado de Poesia”


“É muito diferente você vir com seu show autoral e mostrar o que você está fazendo de fato. Há poucos festivais que investem em coisas que não são exatamente o que a mídia, a partir do sudeste, indica e o resto segue, o FIG não é assim. Ele olha para o que está acontecendo e para quem já fez coisas interessantes, é um diálogo. Um artista poderia chegar e colocar coisas novas e o público reagir negativamente, mas não foi assim, pelo contrário, foi uma relação muito carinhosa e isso nos encorajou. A gente gosta de tocar as coisas antigas, mas também as novas, e fico feliz com a força da internet, porque mesmo que as músicas não toquem no rádio, as pessoas aprenderamcantá-las”, elogiou ele o público que se resistiu a chuva em plena quinta-feira.


Do disco novo ainda vieram outros títulos, como “A Palavra Mágica”, “Atravessa-me” e “Negão”, essa última abriu o debate para desmascarar o racismo disfarçado que ainda há no Brasil juntamente com a já clássica “Respeitem meus cabelos, brancos”. O show enérgico que explora diferentes texturas sonoras, indo das guitarras à percussão africana, desacelerou quando o cantor entoou sucessos como “Pensar em você” e “À primeira vista”, porém, o show se manteve quente pela participação ainda mais intensa da plateia que também cantava as canções em voz alta. A saideira com “Mama África” foi intercalada com a música “Brilho de Beleza”, contando com a participação do percussionista pernambucano Lucas dos Prazeres e reafirmando a força do negro frente às adversidades sociais, que provocou empatia entre o público que repetia o discurso libertador.


“Lucas é um irmão, quando o conheci ele era muito novo, alguém me disse que era o novo Naná (Vasconcelos), porque ele tem os ritmos nordestinos na veia e é muito importante o surgimento de novos artistas porque também causa uma inquietação e impede que os que chegaram antes se acomodem”, disse Chico, sobre a importância de abrir espaço para novos músicos. Outra atração paraibana que se apresentou na noite e chegou disposta a agradar pessoas de todos os gostos, foi a cantora Lucy Alves, cujas raízes ligadas ao forró foram incrementada por uma proposta mais pop.



Lucy Alves levou repertório com sucessos de diversos estilos


A artista impressionou logo na abertura iniciada com um batidão que surpreendentemente se transformou em um  forró-rock de “Balão Dourado”, abrindo a sequência de releituras de forrós explosivos, como “Festa do Interior”. O show ainda atravessou o pé-de-serra de Luiz Gonzaga, com  músicas como “Paraíba” e “Sala de Reboco”,  o coco de Jackson do Pandeiro, com “Sebastiana”, o reggae de Bob Marley, com “Is this love”, a lambada do grupo Kaoma, com “Chorando se foi”, e também os forrós mais estilizados de Eliana, com “Amor ou Paixão” , e da banda Magníficos, com “Verdadeiro Amor”. A apresentação destacou não só a versatilidade da banda, que manteve o público aceso, como a da própria cantora, que tocou sanfona, violino e até guitarra baiana, durante o show.



“Amei fazer novela e, até mesmo no palco, eu me sinto outra artista. Eu acho que o artista é livre pra se reinventar, o meu show é tão elétrico, mas tem sempre uma sanfona ali, o meu sotaque, a minha roupagem”, observou ela, sobre a mudança estética recente. A dose de regionalismo tradicional da noite no palco Mestre Dominguinhos ficou por conta do projeto “Setenta com Sete”, em que os sanfoneiros Waldonys, Chambinho, Meninão, Adelson Viana, Agostinho do Acordeon, Mahatma e Terezinha do Acordeon prestaram uma homenagem aos 70 anos da canção “Asa Branca. “Esse show foi pra homenagear Luiz Gonzaga na terra do seu filho postiço, como ele chamava o Dominguinhos, ao lado de amigos, eu saio daqui deslumbrado, de alma lavada”, disse o cearense Waldonys, sobre a apresentação que provocou comoção entre o público garanhuense. A noite foi aberta pela artista da terra Mourinha do Forró, que foi responsável por esquentar a plateia para os arrasta-pés do palco.



 Confira a programação do palco Mestre Dominguinhos para esta sexta-feira, que destacará o samba:


20h – Kiara Ribeiro
21h – Grupo Terra
22h – Gerlane Lops
23h – Mariene de Castro
00h30 – Mart’nália


Por Camila Estephania

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
669
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira

Blog oficial da página Eu amo Garanhuns / Garanhuns minha Cidade

Garanhuns - PE
https://www.facebook.com/EuAmoGaranhuns/

Publicidade

Crianças
Facebook

Publicidade

Banner sessão 1 Mano Imóveis (Shows)

Publicidade

Banner sessão 1 Tyoflan (esportes)

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Lula
338 votos - 64.4%

Marina Silva
92 votos - 17.5%

Aécio Neves
64 votos - 12.2%

Michel Temer
31 votos - 5.9%

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium