domingo, 17 de dezembro de 201717/12/2017
** *****-****
RÁDIO GN
POLÍTICA
PT sacrifica Marília para ficar com o PSB, partido que apoio o impeachment
Confira na matéria:
Eu Amo Garanhuns /Jhonathas W. Oliveira Garanhuns - PE
Postada em 05/12/2017 ás 11h15 - atualizada em 05/12/2017 ás 11h21
PT sacrifica Marília para ficar com o PSB, partido que apoio o impeachment

Nas hostes petistas o sentimento é de ódio e de revolta com o senador Humberto Costa devido ao desfecho que está se desenhando pela aliança com o PSB pela reeleição do governador Paulo Câmara em 2018.


A colocação do deputado estadual Odacy Amorim como pré-candidato a governador faz parte da estratégia de inviabilizar a candidatura de Marília Arraes, sob o argumento da falta de unidade do partido.


A postulação de Odacy teria inclusive as digitais do senador Humberto Costa que sonha acordado com a aliança com o PSB para garantir sua eleição de deputado federal que estaria bastante fragilizada. O acordo passa pela retirada imediata de Marília do páreo, para que PT e PSB também marchem juntos em São Paulo apoiando a postulação do futuro governador Márcio França, que disputará a reeleição.


A candidatura de Marília Arraes pelo PT, portanto, não passou de um sonho de verão. A expectativa agora é se com dois dígitos nas pesquisas, a neta de Arraes vai aceitar continuar no PT e ficar de fora da disputa pelo governo.

FONTE: https://www.edmarlyra.com
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
726
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium