Sábado, 24 de Julho de 2021 18:05
(87) 9.8130-1122
Geral Maranhão

Seduc apresenta diretrizes para retorno às aulas nas escolas da rede estadual

Nesta quinta-feira (22), a Seduc divulgou as “Diretrizes Pedagógicas para o retorno híbrido das escolas da rede estadual de ensino no Maranhão” e tem realizado uma série de debates com agentes e entidades educacionais.

22/07/2021 16h40
Por: Central Fonte: Secom Maranhão
Felipe Camarão apresenta ‘Diretrizes Pedagógicas’ (Foto: Divulgação)
Felipe Camarão apresenta ‘Diretrizes Pedagógicas’ (Foto: Divulgação)

Com o anúncio feito pelo Governo do Maranhão sobre o retorno às aulas nas escolas da rede pública estadual, a partir do dia 2 de agosto, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vem trabalhando na elaboração dos protocolos pedagógicos e sanitários que serão adotados pelas unidades escolares para a volta das atividades presenciais. 

Nesta quinta-feira (22), a Seduc divulgou as “Diretrizes Pedagógicas para o retorno híbrido das escolas da rede estadual de ensino no Maranhão” e tem realizado uma série de debates com agentes e entidades educacionais para que este retorno às unidades escolares seja o mais seguro e adequado possível. 

Na quarta-feira (21), a reunião liderada pelo secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, e equipe administrativa da Secretaria, foi com gestores e diretores de educação das 19 Unidades Regionais do Estado, momento em que foram apresentadas aos educadores tais Diretrizes Pedagógicas. 

Durante a reunião, que aconteceu de forma virtual, Felipe Camarão enfatizou que o retorno das atividades presenciais nas unidades escolares públicas maranhenses acontecerá de forma gradual, iniciando pelas escolas com condições para a implementação dos protocolos de biossegurança. Dada a preocupação com a integridade física de estudantes e profissionais, o retorno ocorrerá no formato híbrido, intercalando momentos de atividades presenciais e não presenciais.

Início das tratativas (Foto: Divulgação)

“Inicialmente faremos um retorno híbrido e assíncrono às atividades, intercalando momentos presenciais e não presenciais, sem exigência de interação simultânea, de forma que, enquanto alguns estudantes estiverem em sala, outros estarão acompanhando as atividades por outras metodologias, como a TV Educação e a Plataforma Gonçalves Dias, por exemplo, já disponibilizadas pelo Governo do Maranhão”, explicou Felipe Camarão.

As Diretrizes Pedagógicas tratam ainda das orientações para a construção da rotina escolar – Plano Escolar, como podem ser melhor administradas as aulas híbridas em formato assíncrono e, principalmente, como acontecerá o acolhimento de toda a comunidade escolar, compreendendo estudantes, docentes e familiares.

“Nessas Diretrizes temos as orientações sobre como cada gestor poderá administrar o ensino híbrido em sua escola, conforme decisão do colegiado escolar e aprovado pela Unidade Regional de Educação e pela Seduc, seguindo o Plano escolar sugerido nesse documento. Montamos toda uma engenharia pedagógica para este retorno, não apenas nas questões curriculares, mas também de acolhimento dos nossos estudantes, professores e familiares”, disse o secretário.

Além dos debates com as instituições educacionais, a Seduc tem preparado materiais informativos e os denominados ‘kits Covid’, com itens de segurança, que estão sendo distribuídos a cada unidade escolar que retornará suas atividades no início de agosto.

“Nossas escolas receberão o que classificamos como ‘kits Covid’ e equipamentos de segurança e limpeza para que cada comunidade esteja preparada para esse retorno seguro”, complementou Camarão.

Tratativa com representantes do Ministério Público

Já na manhã desta quinta-feira (22), o debate foi realizado com representantes da Promotoria de Justiça em Defesa da Educação do Ministério Público do Maranhão para apresentar os planos e diretrizes para o retorno híbrido.

O secretário Felipe Camarão ressaltou que o MP/MA é uma instituição parceira que tem contribuído com as ações de políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Maranhão e este diálogo só reforça essa parceria.

“O Ministério Público está nos orientando, nos cobrando e participando de todos os passos e etapas desse retorno híbrido que faremos na rede estadual. Apresentamos ao Dr. Paulo Avelar nossos planos e diretrizes de retorno às aulas, acertamos alguns detalhes, falamos, inclusive, sobre casos concretos e acreditamos que esse retorno será muito positivo para estudantes, professores e para a sociedade”, assegurou Camarão.

O promotor de Justiça, Paulo Avelar, reforçou que a tratativa já era um momento esperado pela Promotoria e que esses diálogos são importantes no tocante à garantia do retorno seguro a todas as comunidades escolares maranhenses.

“É de suma importância discutirmos em linhas gerais as normativas para esse retorno seguro e também como forma de garantir a toda a comunidade escolar – alunado, professores, gestores, famílias –, a segurança com que esses alunos estarão a partir do dia 02 de agosto de forma híbrida. É um momento em que nós vamos fazer os acompanhamentos, até o retorno presencial total”, concluiu o promotor.

Retorno às aulas

O anúncio da reabertura das escolas da rede estadual, no próximo dia 2 de agosto, foi feito pelo Governo do Maranhão por meio de coletiva virtual, na terça-feira (20), momento em que o governador Flávio Dino destacou que o retorno seguirá todos os protocolos de biossegurança definidos pela OMS (Organização Mundial da Saúde), como uso universal de máscaras e distanciamento, de modo a manter a segurança de todos, e se dará de forma progressiva, de acordo com a realidade de cada escola.

Dino frisou ainda que um dos fatores determinantes para este retorno é o avanço da vacinação entre os profissionais da educação, no estado.

“Então nós avaliamos, com a imunização com duas doses dos profissionais da educação, é que nós temos condições sanitárias desse retorno. Vamos obviamente acompanhando isto, frisando que é imprescindível não apenas no que se refere à rede estadual, mas também às redes particulares e municipais, o cumprimento de protocolos sanitários mormente o uso de máscaras – e termos esse sistema de rodizio entre as atividades presenciais e não presenciais no caso da rede estadual”, disse Flávio Dino.

Vacinação

Cabe destacar que no ranking da vacinação, o Maranhão é o 2º estado em aplicação de vacinas nos profissionais da educação. Até o momento já foram aplicadas aproximadamente 195 mil doses do imunizante contra a Covid-19.

Neste mês, o Governo do Maranhão iniciou a aplicação da segunda dose. Em São Luís, a aplicação dos imunizantes está acontecendo, atualmente, no IEMA Rio Anil (antigo Cintra) e no drive-thru do São Luís Shopping, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h; e aos sábados, das 8 às 12h.

Garanhuns - PE
Atualizado às 17h54 - Fonte: Climatempo
21°
Pancada de chuva

Mín. 17° Máx. 24°

21° Sensação
19.8 km/h Vento
75% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (25/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 24°

Sol e Chuva
Segunda (26/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias