Quinta, 21 de Outubro de 2021
19°

Poucas nuvens

Garanhuns - PE

Geral Pará

Hospital Jean Bitar comemora Dia Mundial da Segurança do Paciente

O Hospital Jean Bitar (HJB), em Belém (PA) promoveu, nesta sexta-feira (17), o Dia Mundial da Segurança do Paciente - ação alusiva à data, instituída e celebrada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 2019, com o objetivo de...

18/09/2021 às 08h20
Por: Central Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

O Hospital Jean Bitar (HJB), em Belém (PA) promoveu, nesta sexta-feira (17), o Dia Mundial da Segurança do Paciente - ação alusiva à data, instituída e celebrada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 2019, com o objetivo de mobilizar profissionais de saúde, pacientes, pesquisadores e outros agentes da sociedade em torno do assunto.

No HJB, a atividade comemorativa denominada “Big Fone da Segurança do Paciente" foi realizada por meio de ligação telefônica do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente (NQSP) para os profissionais, que respondiam perguntas gravadas sobre as 6 Metas de Segurança do Paciente, e a respeito dos protocolos de segurança referentes à elas. A dinâmica, envolveu os profissionais das áreas da assistência à saúde e administrativas, e reforçou a importância das práticas seguras para garantir a assistência de qualidade aos usuários da instituição.

Como parte da atividades, houve entrega de embalagem com um pirulito aos profissionais com a frase anexa "abra com cuidado, contém uma paçoca", e ao ser ao ser aberta, havia a frase: "Desculpa, foi um engano! Mas nem sempre um erro de identificação é tão doce, não é?" As mensagens trouxeram reflexão aos participantes da atividade sobre as orientações contidas em  2 das 6 Metas Internacionais de Segurança do Paciente: identificar corretamente o paciente; melhorar a comunicação.

A estratégia, segundo a farmacêutica especialista na área de Qualidade e Segurança do Paciente, Arlyne Cibele Faccin, coordenadora do NQSP foi elaborada pelo setor como forma de relembrar os conhecimentos amplamente disseminados no hospital por meio de treinamentos, mas que precisam de reflexão diária de cada profissional sobre os protocolos de segurança do paciente, que quando aplicados    adequadamente promovem melhorias específicas e constantes na assistência à saúde. 

Para o administrador de empresas do setor de estatística, Rodrigo Moraes, a atividade realmente despertou o interesse em relembrar os conhecimentos sobre as 6 Metas de Segurança de Segurança do Paciente. 

"Quando fiquei sabendo que aconteceria o Big Fone da Segurança do Paciente já tratei de fazer uma espécie de revisão mental para relembrar sobre tudo o que eu já havia aprendido sobre o assunto. Como não sabia o que iriam perguntar, a revisão foi geral sobre as 6 Metas Internacionais relacionadas à segurança do paciente. Essa ação foi importante, pois despertou o nosso interesse em revisitar o que já sabíamos, até para que não errássemos nas respostas. Eu acertei", enfatiza. 

Para o paciente  Roberto Barcelos, 55 anos, residente no município de Marabá, localizado no sudeste paraense, o HJB lhe oferece segurança, e por isso, considera o atendimento de qualidade.

"Já é a segunda vez que estou internado no Hospital Jean Bitar, e nessas duas vezes, estive internado na Unidade de Terapia Intensiva. Nas duas internações eu sempre fui bem assistido, os profissionais são atenciosos, conversam sobre os procedimentos que serão realizados, explicam sobre as medicações, e isso gera mais segurança, pois estou ciente do cuidado e da preocupação com o meu tratamento; por isso, é hospital que presta atendimento de qualidade", destaca o paciente.

Para a gerente Assistencial, enfermeira Alexandra Santos, o Dia Mundial da Segurança do Paciente é importante para as instituições de Saúde, por servir de alerta para os profissionais, para que possam relembrar sobre o compromisso com aplicação e observância às 6 Metas de Segurança do Paciente.

"É um dia especial que reforça o nosso compromisso de jamais esquecermos de colocar em prática no nosso dia a dia, a 6 Metas Internacionais de Segurança do Paciente. O brinde entregue pelo NQSP hoje, trouxe na capa a mensagem sobre ter cuidado ao abrí-lo, por se tratar de um determinado doce, que é frágil, mas ao abrirmos, o doce era de outro tipo. Isso foi algo que nos fez refletir sobre a questão da melhoria da comunicação e da identificação correta do paciente. A ação foi bem recebida pela equipe assistencial, que gostou muito desse movimento. A iniciativa do Núcleo de Qualidade e Segurança do Paciente foi muito importante para estamos fortalecendo as Metas de Segurança do Paciente na nossa Unidade", ressalta a gerente Assistencial. 

Saiba Mais

As seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente são soluções que têm como objetivo promover melhorias específicas em áreas problemáticas na assistência. O objetivo principal é evitar danos ao paciente e, dessa forma, reduzir as consequências negativas de um atendimento realizado de forma insegura. As seis metas foras implementadas pela OMS para reforçar a segurança do paciente no ambiente hospitalar, possuem as seguintes diretrizes: identificação correta do paciente; melhorar a comunicação; melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos; assegurar cirurgia em locais corretos e higienizar as mãos para evitar infecções e reduzir o risco de quedas e lesões por pressão.

Texto: Joelza Silva - (Ascom/HJB)

Por Governo do Pará (SECOM)
Garanhuns - PE Atualizado às 04h51 - Fonte: ClimaTempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 32°

Sex 32°C 20°C
Sáb 31°C 19°C
Dom 31°C 19°C
Seg 30°C 18°C
Ter 29°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias