Anuncio 2 ALEPE
Paulo H. Amorim

Corpo de Paulo Henrique Amorim será velado e cremado no Rio de Janeiro

O jornalista faleceu na madrugada desta quarta-feira, 10, aos 77 anos.

10/07/2019 18h06Atualizado há 3 meses
Por: Jonathas William J.W / Portal Garanhuns Notícias

Aos 77 anos, Paulo Henrique Amorim faleceu na manhã desta quarta-feira (10), Amorim estava em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante — informação confirmada pela mulher dele.

Na noite da terça-feira (9), o jornalista havia saído para jantar com amigos.

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003 -, onde atuava como âncora do “Domingo Espetacular”. Durante sua carreira, ele trabalhou em diversas redações, entre jornais, revistas e emissoras de televisão do país.

Nascido em 22 de fevereiro de 1943, Paulo Henrique estreou no jornal A Noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional em Nova York.

Em 1996, deixou a TV Globo e foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band e o programa Fogo Cruzado. Depois, foi para a TV Cultura.

Também foi o idealizador do primeiro canal de notícias em streaming na internet brasileira, o UOL News, lançado em 2000, no UOL, portal onde ficou até 2006. Neste mesmo ano, começou no portal IG, repetindo o formato do seu programa Conversa Afiada, então exibido na TV Cultura.

Afastado do Programa "Domingo Espetacular", ele deixou a mulher, a jornalista Geórgia Pinheiro, uma filha e dois netos.

O velório do jornalista já está marcado. Os familiares e amigos darão o último adeus nesta quinta-feira (11), das 10 às 15 horas, na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), rua Araújo Porto Alegre, 71, Centro, Rio de Janeiro.

Em seguida, será cremado no Crematório e Cemitério da Penitência, na zona portuária da capital fluminense. Em comunicado, a família do jornalista agradeceu “as manifestações de pesar e carinho dos colegas e amigos”.

Ex-líder tucano ataca Paulo Henrique Amorim nas redes e comemora morte

Xico Graziano foi durante muitos anos o responsável pelas campanhas do PSDB nas plataformas digitais e agora aderiu ao bolsonarismo

 

O ex-líder tucano, Xico Graziano, subiu um comentário na sua conta do Twitter, na manhã desta quarta-feira (10), onde comemora a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim.

Graziano, que durante muitos anos foi o responsável pelas campanhas do PSDB nas plataformas digitais e agora aderiu ao bolsonarismo, chama Paulo Henrique de “canalha” e encerra a postagem perguntando “Onde baterá a alma de PHA?”.

“Quando morre um canalha me lembro das aulas de catecismo, em que o padre falava sobre o Céu e o Inferno. Aquilo me impressionava. Fazer o bem, ser cristão, em suma, era a receita para entrar na porta iluminada. Senão, o Diabo nos esperava na escuridão. Onde baterá a alma de PHA?”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Anuncio ao lado de mais lidas
Banner sessão 1 Tyoflan (esportes)
Municípios
GastroMED
Últimas notícias
Crianças
Mais lidas
Anúncio