Segunda, 10 de Agosto de 2020 18:27
(87) 9.8130-1122
Política DENÚNCIA

POLÊMICA: Pastoral da Terra denuncia prefeitura de Garanhuns por destruir cerca e invadir terras de camponesa agroecológica

Prefeitura de Garanhuns destrói cerca e invade terras de camponesa agroecológica

09/07/2020 21h30 Atualizada há 1 mês
Por: Jonathas William J.W / Garanhuns Notícias
POLÊMICA: Pastoral da Terra denuncia prefeitura de Garanhuns por destruir cerca e invadir terras de camponesa agroecológica

Confira o texto publicado no site da Comissão da Pastoral da Terra - CPT

Dona Maria do Socorro Lima, 65, é uma camponesa que produz de forma agroecológica e vive há mais de 30 anos no sítio Flamengo, localizado no município de Garanhuns (PE), junto com outras famílias camponesas posseiras. A maioria já conquistou o direito ao usucapisão; Dona Maria ainda não.

Desde 2009, o seu caso vem se arrastando na justiça. A prefeitura de Garanhuns manifestou interesse na área em que vive, o que fez o seu processo se deslocar da Vara Cível para a Vara da Fazenda Pública. Até hoje, mesmo após 11 anos, não houve audiência de instrução, uma das etapas iniciais do processo judicial, quando testemunhas são ouvidas.

Enquanto o processo na justiça não avança, a agricultora sente na pele as ameaças e pressões sobre suas terras. Um exemplo dessa situação ocorreu há cerca de duas semanas. Dona Socorro foi surpreendida com a chegada de homens e retroescavadeiras no entorno de suas posses. Segundo relato encaminhado à CPT, ao serem perguntados sobre os motivos que os levaram até ali, os homens informaram que estavam sob ordens da prefeitura de Garanhuns para realizar uma terraplanagem em terreno vizinho. Mas o serviço não respeitou a área da agricultora. Conforme relatado à Pastoral, Dona Maria do Socorro teve sua área invadida, sua cerca destruída e um trecho de seu terreno desmatado.

A camponesa, que mantém uma ampla produção agroecológica e vende em feiras orgânicas da cidade, ficou indignada. “Eu tive uma depressão tão grande, porque é uma coisa que a gente luta há tantos anos, tem o cuidado de preservar a natureza, e de repente chega uma pessoa que não pede nem licença, já invade e vai derrubando. É angustiante”, afirma. “Desde 2009 acompanhamos esse caso. Quando pensamos que o processo vai andar, somos surpreendidos com vários entraves. É uma situação desgastante e desafiadora, pois a área sofre forte especulação imobiliária,” completa Eurenice da Silva, agente pastoral da CPT no agreste do estado.

O advogado Dominici Mororó, que acompanha o caso, ressalta que por haver ainda a discussão na justiça se a prefeitura tem ou não o direito sobre a terra e por não ter tido decisão judicial para adentrar na área de Dona Socorro, a administração do município agiu de modo ilegal. O caso já está sendo informado à justiça e monitorado pela CPT.

Imagem: Família de Maria do Socorro – Garanhuns/PE

Comissão da Pastoral da Terra – CPT é ligada à CNBB Nordeste 2

 

Garanhuns - PE
Atualizado às 18h24 - Fonte: Climatempo
18°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 24°

18° Sensação
19.5 km/h Vento
74.4% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (11/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Quarta (12/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias