Terça, 01 de Dezembro de 2020 02:00
(87) 9.8130-1122
Política ELEIÇÕES 2020

Givaldo - “Garanhuns diz não à estagnação e ao atraso; à truculência e à arrogância.”

Confira na matéria

16/11/2020 14h25 Atualizada há 2 semanas
Por: Jonathas William J.W / Garanhuns Notícias
Givaldo - “Garanhuns diz não à estagnação e ao atraso; à truculência e à arrogância.”

Eleito com 34,39% dos votos válidos, Sivaldo Albino (PSB) foi declarado prefeito de Garanhuns, para comandar os destinos da cidade no quadriênio 2021/2024. Em segundo lugar, Silvino Duarte (PTB) obteve 31,52%; Zaqueu Lins (PP), 25,54%; João Lins (DEM) 6,65%; Paulo Camelo (PCB), 1,32%; Valter Couto (REDE), 0,31% e Ronaldo Todinho (PROS) 0,29%. Que totalizam 68,59 % de votos dados às oposições. “Ou seja: 51.051,” diz Givaldo Calado de Freitas, que era pré-candidato pelo AVANTE, e que deixou de ser candidato “na tentativa de, com meu exemplo, poder unir as oposições”, segundo afirmou a este repórter.

Ou seja, aconteceu que o candidato a prefeito da situação, Silvino Duarte, que fugia dos debates na campanha; que cantava vitória antecipada, e que representava o grupo político que está no poder a 24 anos, foi derrotado pelas forcas mudancistas da cidade. “Duarte, agora, não tem outro caminho que não seja “sumir” de verdade da cidade para sua querida Paraíba, e assistir, de lá, à retomada de Garanhuns, a partir do próximo ano, coisa que ele, e seu grupo, não admitiam”, argui Givaldo.

Nesse processo, o maior derrotado foi o prefeito Izaías Régis e seu grupo dominante, que sempre pensaram que governar Garanhuns era só e só fazer  calçamentos malfeitos e colocar  luz de led, esquecendo de sua gente sem perspectiva, por lhe faltar quem cuide dela. Ou seja: o “feijão com arroz”, desses últimos 24 anos. “Isso, agora, vai acabar”, é o comentário nas ruas da cidade.

A soma de votos válidos em Garanhuns foi de 71.355 distribuídos entre os 7 candidatos a prefeito. Silvino Duarte, detentor de 2 mandatos como prefeito, teve 20.344 votos.

Somando os votos contra o atual governo municipal, temos 51.011 votos contrários. Portanto, os eleitores de Garanhuns pisotearam a gestão do prefeito Izaías Régis, e disseram “não”, e de forma acachapante, ao indicado à sua sucessão.

Além de não ter feito o seu sucessor, o atual prefeito foi derrotado também no ano de 2018. Apoiados por Izaías, os então candidatos a deputados Álvaro Porto e Sílvio Costa Filho tiveram votações inexpressivas em Garanhuns. “Bolsonaro, então, nas urnas, e com seu apoio e entusiasmo e etc. e etc., meros 27,78%, contra 72,22% dados a Haddad. Agora, o prefeito, com seu candidato, 28,51%, contra 71,49%, das oposições. É. Devo reconhecer que cresceu um pouquinho”, crava Calado de Freitas.

Em suma, o que temos é que a população de Garanhuns disse “não” à continuidade do grupo político do prefeito Izaías, após quase 8 anos de governo. Isso diz muito sobre a avaliação que os garanhuenses fazem da atuação dele como gestor.

 

O Tabuleiro Político por Jonathas William
Sobre O Tabuleiro Político por Jonathas William
O Xadrez da política de Pernambuco no Tabuleiro Político do jornalista Jonathas William
Garanhuns - PE
Atualizado às 01h59 - Fonte: Climatempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 29°

19° Sensação
19.6 km/h Vento
94.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quinta (03/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias