Anuncio 2
"Punição divina"
O pastor Silas Malafaia repreendeu fiéis que interpretaram a morte do jornalista Ricardo Boechat como se fosse um juízo divino
Confira na matéria:
Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

Blog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA CidadeBlog Oficial da Fan Page Garanhuns MINHA Cidade

12/02/2019 21h44
Por: Garanhuns MINHA Cidade / Jonathas William J.W

O pastor Silas Malafaia desaprovou fiéis que, ao lembrarem de uma discussão entre o pastor e o jornalista na qual Ricardo Boechat o mandou ir “procurar uma...”. Em comentários nas redes sociais algumas pessoas trataram a morte do jornalista ocorrida nesta segunda-feira (11) como uma punição divina.

“Não trabalho com um Deus que se vinga porque alguém me xingou. Então tinha que morrer um monte aí, sou caluniado a todo momento”, disse Malafaia. A desavença entre os dois aconteceu em 2015.

Boechat associou à intolerância religiosa a agressão sofrida por uma menina de 11 anos em seu programa na rádio BandNews FM. A criança foi atingida por uma pedra na cabeça por ser praticante do candomblé.

O pastor retrucou em seu Twitter: “Avisa ao jornalista Boechat que está falando asneira, dizendo que pastores incitam os fiéis a praticarem a intolerância. Verdadeiro idiota. Desafio Boechat para um debate ao vivo. Falar asneira no programa de rádio sozinho, é mole, deixa de ser falastrão. Não incite o ódio”.

O jornalista leu o tuíte no ar e revidou: “Ô Malafaia, vai procurar uma rola, vai. Não me enche o saco. Você é um idiota, um paspalhão. Um pilantra. Tomador de grana de fiel, explorador da fé alheia. E agora vai querer me processar. Você gosta muito de palanque, não vou te dar palanque porque você é um otário”.

Seguidores do pastor evangélico recordaram o episódio e, em redes sociais, postaram mensagens como “procurar problema com os de Deus é o mesmo que cometer suicídio” e “ninguém se levanta contra os ungidos do Senhor”.

Malafaia afirma que não endossa esse tipo de postura e acrescentou: ele pode até discordar do que Boechat dizia, mas é inegável que ele era um grande jornalista.

Comparou: “Sou 100% contra Lula, mas desconhecer que ele é uma liderança é ignorância da minha parte. Também nunca desconheci que Boechat é um grande jornalista”.

Segundo o pastor, como Boechat previu, ele de fato o processou, mas não pelo palavrão. Malafaia entrou na Justiça por ter sido chamado de “tomador de grana de fiel, explorador da fé alheia”.

Em uma audiência de conciliação, os dois fizeram um acordo, e o jornalista retirou o que disse em seu programa. No dia, Malafaia escreveu no Twitter: “Ricardo Boechat, em seu pgm de hj na Band, retirou as palavras q feriram a minha honra. Independente d justiça, isso mostra a sua grandeza”. Diz o pastor agora: “Só posso pedir que Deus console sua família, a perda não e uma coisa fácil pra ninguém”. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Garanhuns - PE
Atualizado às 09h12
25°
Pancada de chuva Máxima: 30° - Mínima: 20°
26°

Sensação

20.7 km/h

Vento

62.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anuncio ao lado de mais lidas
Banner sessão 1 Tyoflan (esportes)
Municípios
GastroMED
Últimas notícias
Crianças
Mais lidas
Anúncio